• INDSAT

Campinas tem a melhor água entre as maiores do Estado

4º Trimestre

Foto: Sanasa/Divulgação

O serviço de água da cidade de Campinas colocou o município na liderança do ranking geral de Qualidade da Água no 4º trimestre de 2020. A lista geral é composta pelas 10 maiores cidades do Estado de São Paulo. Todas elas fazem parte da cobertura trimestral da INDSAT.

Os resultados refletem a satisfação dos moradores em relação ao serviço de água na cidade, prestado pela Sanasa. Para elaboração do ranking, a INDSAT utiliza o índice de satisfação do serviço público, pontuação que vai de 200 a 1.000 pontos.

A Qualidade da Água de Campinas registrou 784 pontos, dez a mais que a segunda colocada São José dos Campos. A pesquisa indica que, para 88% dos moradores de Campinas, a água está “ótima” ou “boa”. Outros 8% responderam que está “regular”. A reprovação é de 5%.

Comparativo entre o índice de Campinas (em azul) com a média das 10 maiores de SP

Além da Qualidade da Água, a INDSAT também avalia o Abastecimento de Água. Ao todo, 16 serviços são pesquisados. O objetivo é entender e mensurar a opinião dos moradores em relação aos serviços prestados a partir de uma metodologia exclusiva de pontuação.

As pesquisas INDSAT são realizadas trimestralmente nas 10 maiores cidades do Estado de São Paulo, nas 15 maiores cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC) e em 12 cidades do Aglomerado Urbano Piracicaba.


INDSAT amplia atuação no Brasil

A INDSAT cresceu e se tornou INDSAT Brasil. Agora todo município brasileiro pode participar dos estudos trimestrais de avaliação administrativa da INDSAT. São 16 serviços públicos avaliados por trimestre, além de pesquisas para deputado, prefeito, governador, presidente. A partir de 2021, as cidades serão divididas em agrupamentos populacionais, o que tornará o resultado mais justo quando comparadas em rankings. Serão 3 agrupamentos: - Cidades com até 100 mil habitantes - Cidades entre 100 mil e 400 mil habitantes - Cidades com mais de 400 mil habitantes. Até dezembro de 2020, a INDSAT agrupava seus municípios em 3 regiões: Aglomerado Urbano Piracicaba, Região Metropolitana de Campinas e as 10 maiores cidades do Estado de São Paulo, o que limitava a sua área de atuação a apenas 36 municípios paulistas. Com o novo formato, qualquer município brasileiro pode receber os estudos da INDSAT Brasil.

Mais informações serão apresentadas ao final do 1º Trimestre de 2021.

Recentes