Satisfação com o governo Dalben melhora pela 3ª vez em 2018

29/10/2018

3ºTrimestre/2018

Há três meses, a Indsat havia apontado que a gestão do governo de Luiz Dalben (PPS) em Sumaré estava apresentando evolução gradativa. O cenário parece se concretizar: pela terceira vez consecutiva, o índice de satisfação com a Administração Pública da cidade mostrou crescimento. Os novos dados são do 3º trimestre.

 

Desta vez, o índice se superou em relação a todos os levantamentos já realizados no município. A gestão atingiu 610 pontos e saiu da zona em que estava estabilizada, no qual mostrava oscilações apenas entre 520 e 589 pontos. Apesar de não ter deixado o Grau Médio de Satisfação, os resultados mostram que a área está cada vez mais próxima de atingir um índice considerado Alto pela metodologia da Indsat.

 

Logo no 1º trimestre de 2017, o governo de Sumaré deixou de receber o Baixo Grau de Satisfação obtido ainda na gestão da tucana da Cristina Carraca no final de 2016. No segundo levantamento do ano passado, o índice caiu para 520 pontos. No trimestre seguinte, a satisfação voltou a crescer e a Administração registrou 584 pontos.

 

O governo Dalben fechou 2017 com 520 pontos, sem sinais de chegar ao Alto Grau de Satisfação. A partir de então, a situação começou a melhorar e a satisfação deixou de andar para trás. No 1º trimestre de 2018, o índice cresceu para 559 pontos. A pontuação mostrou mais uma evolução no 2º trimestre e agora o índice é o maior já registrado.

O Baixo Grau de Satisfação é atribuído ao segmento que registra entre 350 e 499 pontos de acordo com o critério da Indsat. Já o Grau Médio de Satisfação corresponde aos setores que recebem entre 500 e 649 pontos. Ao atingir 650 pontos, a área é contemplada com Alto Grau de Satisfação.

 

A Indsat possui uma metodologia exclusiva de classificação baseada nos critérios de “ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” e “péssimo” para calcular o grau de satisfação de 16 serviços públicos. Foram entrevistados 400 moradores em Sumaré.

 

A partir da avaliação de todos os entrevistados, o instituto mostrou que a Administração Pública de Sumaré recebeu 37% de “ótimo” e “bom”, 42% de “regular” e 21% de “ruim” e “péssimo”.

A porcentagem de reprovação é a menor já registrada. No 2º trimestre de 2017, “ruim” e “péssimo” somavam 37%. Durante o 1º trimestre deste ano, a reprovação era de 31%.

 

O levantamento também mostra o perfil dos moradores mais satisfeitos com a gestão desempenhada pelo prefeito Luiz Dalben. Quando a faixa etária dos entrevistados é analisada, a aprovação é maior entre moradores que têm de 16 a 30 anos de idade. Já quando apenas a escolaridade é levada em conta, entrevistados com Ensino Superior são os mais satisfeitos.

Além dos 16 serviços públicos analisados e da Administração Pública, a Câmara Municipal também é avaliada trimestralmente. As 15 maiores cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas), as 10 maiores cidades do Estado e 12 cidades pertencentes ao Aglomerado Urbano Piracicaba fazem parte da cobertura da INDSAT.

 

 

 

 

 

Foto: Divulgação (Luiz Dalben/Facebook)

 

 

 

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Em destaque

Leme tem Grau de Excelência em Coleta de Lixo

21/02/2020

1/10
Please reload

Recentes
Please reload

Arquivo