6074_b_s2_indsat_970x250 (1).jpg
  • INDSAT

Asfalto de Piracicaba tem 66% de ruim e péssimo

4ºTrimestre/2018

É o pior resultado em toda a série histórica da INDSAT

Não é novidade que a pavimentação de Piracicaba é insatisfatória para a maioria da população do município. Neste último 4º trimestre de 2018, porém, o cenário piorou. Em pesquisa realizada pela INDSAT, a pavimentação foi reprovada por 66% dos moradores. Mais uma vez, o segmento analisado recebeu Baixo Grau de Satisfação.

Do total de entrevistados, 16% disseram que o Asfalto está “ótimo” ou “bom” e 18% responderam que está “regular”. Ao todo, 400 piracicabanos participaram da pesquisa.

O instituto analisou os índices de satisfação de 16 serviços públicos no município. Setores como Educação, Transporte, Saúde e Segurança são estudados trimestralmente pelo instituto. O estudo mostrou que pessoas com idades entre 31 e 50 anos são as menos satisfeitas com a pavimentação de Piracicaba.

A INDSAT constatou que este é o pior resultado obtido após analisar o índice de satisfação com o serviço público, calculado a partir de uma metodologia exclusiva de classificação baseada nos critérios de “ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” e “péssimo”.

A Qualidade do Asfalto recebeu 422 pontos neste trimestre e é o pior segmento avaliado em Piracicaba. A cidade apresenta resultados insatisfatórios desde o último trimestre de 2017, quando a região do município começou a fazer parte da cobertura da INDSAT.

Logo no início de 2018, o Asfalto obteve 473 pontos. No levantamento seguinte, os índices chegaram a 484 pontos. A área fechou o 3º trimestre do ano com 487 pontos. O Baixo Grau de Satisfação é atribuído aos segmentos que registram entre 350 e 499 pontos.

Agora, Piracicaba está entre as quatro piores posições do ranking da Qualidade do Asfalto entre 12 cidades da região. A INDSAT também realiza pesquisas na Região Metropolitana de Campinas (RMC) e nas 10 maiores cidades do Estado de São Paulo.

No último mês, o instituto começou a divulgar os primeiros resultados das Eleições Municipais de 2020. O objetivo é incentivar o interesse e o debate pelo tema. A INDSAT vai acompanhar a movimentação político-eleitoral até outubro do ano que vem.

Foto: Câmara de Piracicaba

Recentes