• INDSAT

Sob alerta, SJC registra Alto Grau de Satisfação na luta contra a Covid-19

ABRIL de 2021 - CIDADE DE GRANDE PORTE

Vivendo um forte aumento de casos de covid, São José dos Campos tem se destacado no enfrentamento da pandemia / Foto: Adenir Brito - PMSJC

A Administração Municipal de São José dos Campos registrou Alto Grau de Satisfação na sua luta contra a Covid-19, segunda apontou levantamento realizado em abril pela INDSAT. Foram ouvidos 600 moradores da cidade maiores de 16 anos. A margem de erro do estudo é de 4% sob um intervalo de confiança de 95%.

O estudo revela que 54% dos moradores joseenses avaliaram a atual do atual governo como ótima e boa, 32% como regular e 14% como ruim e péssima. O resultado deu o município 677 pontos no ranking INDSAT, nota superior à média das Cidades de Grande Porte (CGP), que fechou o mês em 653 pontos.

Administração Municipal obteve Alto Grau de Satisfação no enfrentamento à Covid-19

A INDSAT mede a satisfação dos serviços públicos a partir dos critérios de “ótimo, bom, regular, ruim e péssimo”, o que resulta na seguinte escala:


- INDSAT abaixo de 350 pontos = Baixíssimo Grau de Satisfação.

- INDSAT entre 350 e 499 pontos = Baixo Grau de Satisfação.

- INDSAT entre 500 e 649 pontos = Grau Médio de Satisfação.

- INDSAT entre 650 e 799 pontos = Alto Grau de Satisfação.

- INDSAT a partir de 800 pontos = Grau de Excelência.


O maior nível de aprovação da Administração Municipal no controle da pandemia foi registrado entre os homens (64,6% de ótimo e bom) e entre os moradores maiores de 50 anos (62,5% de ótimo e bom). Já o menor nível de aprovação concentrou entre as mulheres (43,9% de ótimo e bom) e entre os mais jovens, entre 16 e 30 anos (37,5% de ótimo e bom).

A rejeição ao governo estadual ultrapassa a casa dos 56,9% em São José dos Campos...

Quando os números são comparados à percepção dos moradores de São José dos Campos em relação às atuações dos governos estadual e federal, a diferença é significativa. A atuação do governo federal, para os joseenses, registrou 48,8% de rejeição e 27,2% de aprovação. Já o governo federal recebeu 56,9% de rejeição e 16,9% de aprovação.

Já em relação ao governo federal, a rejeição é de 48,8%

Em alerta

Agora, com recorde de pessoas internadas por Covid-19, a Administração Municipal avalia a adoção de medidas mais restritivas. No último dia 24/05 a cidade havia chegado a 296 pessoas hospitalizadas pela doença, o maior índice desde o início da pandemia.

Por essa razão, em mais uma ofensiva no enfrentamento à pandemia, a Administração Municipal iniciou a compra de um total de 20 respiradores e a criação de mais 20 leitos de UTI na ala do Hospital Municipal destinada aos pacientes de Covid. Essa medida dará maior retaguarda caso se mantenha o aumento no número de internações.

Com a nova expansão, que já começou a ser realizada e faz parte do plano de contingência, a unidade passa a ter 198 ventiladores pulmonares e 206 leitos – 96 de unidade de terapia intensiva e 110 de enfermaria.

O bom rendimento da Administração Pública no combate à Covid-19 pode ser confirmado também por outras ações que já foram realizadas neste início de ano. Entre elas, destaca-se a disponibilização gratuita de oxímetros para o acompanhamento de pacientes que tenham testado positivo para a Covid-19.

Em apenas 11 dias do lançamento do projeto de distribuição, 375 pessoas haviam feito o cadastro, das quais 319 haviam retirado o equipamento, o que representa uma adesão de 80% de adesão ao monitoramento. A retirada do oxímetro é feita após a avaliação médica. Cada paciente cadastrado na própria UPA recebe um voucher para retirar um oxímetro nas unidades da rede Farma Conde.


Recentes