top of page
10274_f_s8_banner-web_970x250_portais-pat (2).png
  • INDSAT

Qualidade de Vida evolui em Cosmópolis com nova Administração

Desapontamento do cosmopolense reduz e segmento se aproxima do Alto Grau


ABRIL de 2021 - CIDADE DE PEQUENO PORTE

A Qualidade de Vida de Cosmópolis (Cidade de Pequeno Porte) tem alcançado aos poucos melhores níveis de satisfação por parte da sua população. Os números sobre a Qualidade de Vida do cosmopolense podem ser observados em pesquisa realizada pela INDSAT na última semana de abril.

O estudo, que ouviu 400 moradores maiores de 16 anos e apresenta uma margem de erro de 4,8% e um intervalo de confiança de 95%, mostra que a taxa de aprovação do setor chegou a 30,9%, um aumento de três pontos percentuais em comparação a novembro do ano anterior. Todavia, a maior mudança pode ser observada na taxa de rejeição, que caiu de 22,3% em novembro de 2020 para 12,1% em abril de 2021. Tais mudanças já podem ser consideradas um reflexo da nova Administração Pública, que governa hoje a cidade sob o slogan “Por uma Cosmópolis Melhor”. Houve melhoras em diversos segmentos dos setores públicos avaliados pela INDSAT.

Em geral, a nota de Cosmópolis no ranking INDSAT é de 636 pontos, conferindo à cidade Grau Médio de Satisfação. Caso a aprovação mantenha os mesmos níveis de evolução nos próximos meses, a Qualidade de Vida em Cosmópolis deve ingressar na classificação de Alto Grau de Satisfação, uma vez que se encontra a apenas 14 pontos do próximo nível. Atualmente, o segmento de Qualidade de Vida se encontra na 7ª posição do ranking doméstico da INDSAT em Cosmópolis, registrando a maior taxa de satisfação entre a população maior de 50 anos (40,5%).

Definido pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como “percepção do indivíduo de sua inserção na vida, no contexto da cultura e sistemas de valores nos quais ele vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações”, o conceito de qualidade de vida pode ser analisado de diversas maneiras.

Oficialmente, a avaliação é realizada pela própria OMS por meio de um questionário que envolve diversos fatores, como aspectos físicos, religiosos, psicológicos, nível de independência, relações sociais e meio ambiente. Denominado World Health Organization Quality of Life (WHOQOL), o questionário é aplicado em estudos epidemiológicos e tem algumas versões, entre elas a do WHOQOL-100, sua versão original com 100 perguntas, e o WHOQOL-bref, versão abreviada com 26 questões.

A Qualidade de Vida é medida pela INDSAT em atenção ao primeiro critério definido pela OMS: "percepção do indivíduo de sua inserção na vida", um conceito que pode ou não estar associado ao papel que a Administração Pública desempenha na sua cidade. "Em CPPs, a Administração Pública pode influenciar diretamente na percepção da Qualidade de Vida, principalmente quando a cidade sai de um governo mal avaliado e tem a esperança que o próximo governo lhe dará um novo futuro", explica Paulo Ricardo Gomes, diretor da INDSAT. "Mas nem sempre isso acontece. É muito comum encontrarmos, principalmente nas CMPs e CGPs governos com Baixo Grau de Satisfação e a cidade com Alto Grau em Qualidade de Vida", conclui ele.


INDSAT

A INDSAT mede a satisfação de 16 serviços públicos, além da atuação dos governos municipal, estadual e federal. A partir dos critérios de “ótimo, bom, regular, ruim e péssimo”, obtém-se uma classificação que qualifica o município o conforme o grau de satisfação do serviço estudado, conforme a seguinte escala:

  • INDSAT abaixo de 350 pontos = Baixíssimo Grau de Satisfação

  • INDSAT entre 350 e 499 pontos = Baixo Grau de Satisfação

  • INDSAT entre 500 e 649 pontos = Grau Médio de Satisfação

  • INDSAT entre 650 e 799 pontos = Alto Grau de Satisfação

  • INDSAT a partir de 800 pontos = Grau de Excelência

Desde o primeiro trimestre deste ano, as cidades avaliadas pela INDSAT foram divididas em agrupamentos populacionais. São 3 agrupamentos:

  • Cidades de Pequeno Porte (CPP) com até 100 mil habitantes

  • Cidades de Médio Porto (CMP) entre 100 mil e 400 mil habitantes

  • Cidades de Grande Porte (CGP) com mais de 400 mil habitantes

Para classificação do número de habitantes de um município, a INDSAT utiliza como fonte de dados as projeções populacionais do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e da Fundação Seade. Para 2021, a previsão é de que Cosmópolis alcance 72.215 habitantes, portanto, município integrante das Cidades de Pequeno Porte (CPP).



Comments


Recentes
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn Social Icon
bottom of page