6074_b_s2_indsat_970x250 (1).jpg
  • INDSAT

Gestão Pública em Osasco alcança Alto Grau em 2020

4º Trimestre de 2020

Osasco alcançou Alto Grau no final de 2020 / Foto: Prefeitura de Osasco

A gestão do prefeito reeleito Rogério Lins (Podemos) em Osasco atingiu Alto Grau de Satisfação no fechamento de 2020. Depois de passar boa parte do ano de 2017 e início de 2018 com baixa aprovação, a administração pública apresentou melhora na opinião pública e colocou o município entre os quatro melhores colocados no ranking do segmento.

Ao comparar o 4º trimestre de 2016 com o 4º trimestre de 2020, a INDSAT indica que o crescimento no índice de satisfação foi de 159 pontos.

O prefeito anterior, Jorge Lapas (PT), havia deixado o cargo com 513 pontos e Grau Médio de Satisfação, equivalente a 21% de aprovação.

No último trimestre de 2017, a aprovação caiu para 17% e se manteve em 18% no final do ano seguinte. No 4º trimestre de 2019, esse número subiu para 31%.

Já durante o primeiro semestre de 2020, a gestão de Lins registrou 532 e 620 pontos. No 3º trimestre, a nota cresceu mais uma vez: 641 pontos. Foi no final do ano que o Alto Grau de Satisfação se consolidou.



A reeleição do prefeito Rogério Lins foi reflexo da evolução trimestral do governo nas pesquisas da INDSAT durante todo o ano de 2020. Os levantamentos do instituto refletem apenas a percepção dos moradores em relação à gestão pública e também sobre os serviços públicos prestados na cidade.

Além das 10 maiores cidades do Estado de São Paulo, o instituto também realiza pesquisas na Região Metropolitana de Campinas (RMC) e em 12 municípios do Aglomerado Urbano Piracicaba.

No grupo das 10 maiores cidades do Estado, São José dos Campos, Santo André, São Bernardo do Campo e Osasco foram os municípios que fecharam o ano de 2020 com Alto Grau de Satisfação no quesito administração pública e conseguiram reeleger seus prefeitos já no primeiro turno.

Das quatro cidades em questão, três prefeitos são tucanos. Em São José, Felicio (PSDB) se reelegeu com 58,21% dos votos válidos; em Santo André, Paulo Serra (PSDB) foi reeleito com 76,85%. Já Orlando Morando (PSDB) permanece por mais um mandato à frente da Prefeitura de São Bernardo do Campo, após receber 67,28% dos votos. Osasco reelegeu Rogério Lins, do Podemos. (Leia mais em https://www.indsat.com.br/single-post/100-dos-prefeitos-com-alto-grau-de-satisfa%C3%A7%C3%A3o-no-indsat-se-reelegeram-ou-elegeram-seus-sucessores)

Recentes