top of page
970x250 (1).png
  • INDSAT

Aprovação da Saúde Pública volta a crescer em Indaiatuba

Cidade está entre as melhores do Estado em satisfação dos moradores com a Saúde Pública


JUNHO DE 2021 - CIDADE DE MÉDIO PORTE

Registrando 56,2% de aprovação, Saúde de Indaiatuba tem boa avaliação desde novembro de 2020./ Foto: Eliandro Figueira/PMI

A aprovação em relação à Saúde Pública de Indaiatuba (Cidade de Médio Porte) apresentou melhora consistente no levantamento realizado pela INDSAT na segunda semana de junho. Com atuais 56,2% de ótimo e bom, a taxa saltou desde março, quando registrou 37,9% de aprovação.

Enquanto as avaliações positivas sobre o serviço aumentaram, a rejeição diminuiu. Em novembro de 2020, a somatória de ruim e péssimo chegou a 17,3%; em março, caiu para 13,1%. Atualmente, a reprovação apresenta a menor porcentagem desde o ano anterior, com 12,6% (5,8% de ruim e 6,8% de péssimo). As avaliações foram realizadas por 400 moradores maiores de 16 anos, e consideram margem de erro de 4,8% sob intervalo de confiança de 95%.


O desempenho da Saúde em Indaiatuba também é satisfatório na comparação entre as demais CMP’s. A cidade alcançou 685 pontos, enquanto a média do agrupamento é de 637 pontos. Em Indaiatuba, a conquista do Ato Grau de Satisfação permanece desde novembro do ano anterior. Já a média das CMP’s concede ao grupo Grau Médio de Satisfação. O serviço está posicionado em 11º lugar entre os 16 setores avaliados pela INDSAT na cidade.

Para uma análise mais detalhada, a INDSAT propõe a seguinte divisão entre as regiões de Indaiatuba:

Nas avaliações divididas por setores, é possível observar que a maior taxa de aprovação foi registrada no setor 2 (Vila Vitória I e II, Jardim Jequitibá, Parque Boa Esperança e redondezas), com 78,4%, seguida do setor 1 (Área Central, Jardim Rossignati, Vila Nossa Senhora Candelária e arredores), com 76% de aprovação. A rejeição é maior no setor 1, com 11,2%, e no setor 6 (Jardim Califórnia, Jardim Eldorado, Jardim Patrícia e adjacências), com 8,6%.


INDSAT

A INDSAT mede a satisfação de 16 serviços públicos, além da atuação dos governos municipal, estadual e federal. A partir dos critérios de “ótimo, bom, regular, ruim e péssimo”, obtém-se uma classificação que qualifica o município o conforme o grau de satisfação do serviço estudado, conforme a seguinte escala:

As cidades avaliadas pela INDSAT foram divididas em agrupamentos populacionais. São 3 agrupamentos: Cidades de Pequeno Porte (CPP) com até 100 mil habitantes, Cidades de Médio Porte (CMP) entre 100 mil e 400 mil habitantes e Cidades de Grande Porte (CGP) com mais de 400 mil habitantes.

Para classificação do número de habitantes de um município, a INDSAT utiliza como fonte de dados as projeções populacionais do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e da Fundação Seade. Para 2021, a previsão é de que Indaiatuba alcance 245.366 habitantes, portanto, município integrante das Cidades de Médio Porte (CMP).


Comments


Recentes
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn Social Icon

Indicadores de Satisfação dos Serviços Públicos

© 2017 "Indsat - Indicadores de Satisfação dos Serviços Públicos"

bottom of page