7700-PortalIndsat-970x250_Portais---Campanha-do-Agasalho.jpg
  • INDSAT

Acima da média, Qualidade da Água em SJC tem 88,6% de ótimo e bom

Serviço está entre os melhores do município e vem apresentando evolução desde novembro


ABRIL de 2021 - CIDADE DE GRANDE PORTE

Programa lançado em junho deste ano objetiva a melhoria da qualidade da água fornecida pelas nascentes / Foto: Cláudio Vieira-PMSJC

As últimas pesquisas realizadas pela INDSAT em São José dos Campos (Cidade de Grande Porte) a respeito da Qualidade da Água têm mostrado melhora gradual nas avaliações feitas por seus moradores. Em novembro de 2020, a aprovação era de 79%. Em fevereiro deste ano, saltou para 81,5%. Em abril, a aprovação atingiu 88,6%.

Posicionada em 4º lugar no ranking doméstico da INDSAT, que avalia os 16 serviços da cidade, a Qualidade da Água de SJC alcançou 780 pontos e conquistou o Alto Grau de Satisfação. A nota é maior que a registrada nas demais CGP’s, que têm em média 773 pontos.

A rejeição, de 3,7%, é a soma de 1,5% de ruim e 2,2% de péssimo. O número é menor que o registrado em fevereiro deste ano (5,5%) e maior que em novembro de 2020 (2%). Já a aprovação (88,6%) é o resultado de 7,4% de ótimo e 81,2% de bom.

As avaliações positivas refletem o constante trabalho da Prefeitura em realizar ações que buscam melhorar o serviço na CGP, como é o caso do projeto “Revitalização de Nascentes”. No mês de junho deste ano, foi dado início a um novo trabalho para melhoria da qualidade da água produzida por nascentes que formam o Reservatório do Jaguari em São José dos Campos.

Segundo a Prefeitura de São José dos Campos, com recursos do Fundo Nacional de Meio Ambiente, através do Projeto Pró-Águas, as ações começaram em 34 propriedades rurais, 24 na bacia do Rio do Peixe, em São Francisco Xavier, e 10 em assentamento do Incra na zona norte, abrangendo uma área total de 98 hectares.

O projeto tem a coordenação da Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade e será implantado no prazo de 21 meses. Será feita a restauração florestal de APP’s (Áreas de Preservação Permanente) hídricas e plantio de espécies nativas. Uma empresa contratada pela Prefeitura ficará responsável pelo plantio e manutenção das áreas restauradas, que também serão cercadas para proteger essas nascentes.

O levantamento, realizado na segunda semana de abril, ouviu 600 moradores maiores de 16 anos e considera margem de erro de 4% com intervalo de confiança de 95%.


INDSAT

A INDSAT mede a satisfação de 16 serviços públicos, além da atuação dos governos municipal, estadual e federal. A partir dos critérios de “ótimo, bom, regular, ruim e péssimo”, obtém-se uma classificação que qualifica o município o conforme o grau de satisfação do serviço estudado, conforme a seguinte escala:


As cidades avaliadas pela INDSAT estão divididas em agrupamentos populacionais. São 3 agrupamentos: Cidades de Pequeno Porte (CPP) com até 100 mil habitantes, Cidades de Médio Porto (CMP) entre 100 mil e 400 mil habitantes e Cidades de Grande Porte (CGP) com mais de 400 mil habitantes.

Para classificação do número de habitantes de um município, a INDSAT utiliza como fonte de dados as projeções populacionais do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e da Fundação Seade. Para 2021, a previsão é de que São José dos Campos alcance 716.688 habitantes, portanto, município integrante das Cidades de Grande Porte (CGP).


Recentes
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn Social Icon