Asfalto de Ribeirão Preto está próximo do Baixíssimo Grau de Satisfação

11/05/2020

1º trimestre/2020

 Foto: Divulgação

 

 

A Qualidade do Asfalto da cidade de Ribeirão Preto está a apenas quatro pontos de ser classificada com Baixíssimo Grau de Satisfação. Neste 1º trimestre de 2020, a área recebeu 353 pontos. A pior classificação atribuída pela INDSAT é concedida aos setores que registram índice inferior a 350 pontos.

 

O Baixo Grau de Satisfação, por sua vez, se refere aos segmentos que conseguem de 350 a 499 pontos. A classificação baixa foi apresentada no último trimestre de 2019, quando o setor conseguiu 368 pontos, um dos melhores índices de satisfação registrados pela Qualidade do Asfalto.

 

No geral, a pavimentação de Ribeirão Preto recebe os menores índices de satisfação desde o início de 2017, quando o setor apresentou Baixíssimo Grau durante a maior parte do ano.

 

Em 2018, o segmento chegou a conquistar 378 pontos. No 2º trimestre de 2019, o Asfalto apresentou seu pior índice de satisfação: 258 pontos. Além disso, o setor nunca ultrapassou 400 pontos, mesmo nos levantamentos em que recebeu Baixo Grau.

 

 

Em matéria publicada pelo G1 no mês de novembro de 2019, moradores de Ribeirão Preto apontaram problemas na pavimentação de ruas e avenidas da cidade. Segundo os entrevistados, as fragilidades do asfalto resultam em acidentes de trânsito.

 

Índice de satisfação
 

O índice de satisfação é resultado de um cálculo exclusivo realizado pela INDSAT que leva em conta os critérios de “ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” e “péssimo”. Em Ribeirão, 600 pessoas são entrevistadas. 

 

O índice é utilizado para estabelecer o grau de satisfação do setor, elaborar o ranking entre cidades e construir o histórico trimestral do serviço público prestado. Os resultados refletem exclusivamente a opinião dos moradores. 

 

O Asfalto de Ribeirão Preto conseguiu apenas 4% de “ótimo” e “bom”, 15% de “regular”. A reprovação é de 81%. Ou seja, a maioria dos moradores estão insatisfeitos com o segmento.

 

 

A INDSAT começou no último dia 22 de abril a divulgar os resultados de satisfação referentes ao 1º trimestre de 2020. As pesquisas são trimestrais e os moradores avaliam 16 áreas e serviços públicos ao todo. São pesquisadas 36 cidades do Estado de São Paulo, incluindo Ribeirão Preto.

 

Além das pesquisas de satisfação, a INDSAT também traçou mapas estatísticos que apontam onde há maior número de contaminados pelo novo Coronavírus em São José dos Campos a partir de 420 testes rápidos aplicados pela Prefeitura. Saiba mais.

 

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Em destaque

Asfalto é a 2ª pior área avaliada em Araras

27/05/2020

1/10
Please reload

Recentes
Please reload

Arquivo