INDSAT é pioneira em pesquisa aplicada com teste de Covid-19

20/04/2020

O Governo Federal e o Ibope pretendem monitorar quase 100 mil pessoas no país, em estratégia idêntica à desenvolvida pela INDSAT e a Prefeitura de São José dos Campos​ 

 

 

A INDSAT e a Prefeitura de São José dos Campos traçaram na última semana mapas estatísticos a fim de analisar onde há o maior número de contaminados na cidade pela Covid-19. O trabalho foi realizado por meio de testes aplicados junto a pesquisas de monitoramento da doença. 

 

O estudo, que é pioneiro em todo o mundo, possibilitou mapear o grau de contaminação, mesmo que de forma assintomática, entre a população do município. Enfermeiros da Prefeitura e entrevistadores da INDSAT visitaram casas em 10 regiões da cidade, sorteadas pelo método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho) de cada região estudada, aplicando 420 entrevistas/exames.

 

 Foto: Prefeitura de São José dos Campos 

 

Esta semana, o Ministério da Saúde (MS) informou que organiza a realização de testes e a coleta de dados, a partir da próxima semana, que poderão servir para uma decisão sobre a retomada das atividades econômicas, quando isso for possível. 

 

Em uma das estratégias do MS, realizada com o apoio do Ibope e da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), 99.750 pessoas serão testadas em 133 cidades do Brasil, em estratégia idêntica à desenvolvida pela INDSAT e a Prefeitura de São José dos Campos.

 

Para realização dos testes, é necessário uma gota de sangue do indivíduo. O resultado sai em até 30 minutos. Em São José dos Campos,  o levantamento indicou que o índice de contaminação é de 3,11%, o que equivale a 22.392 habitantes.

 

 Imagem: Prefeitura de São José dos Campos 

 

 

A projeção também sustenta a visualização do índice de adesão ao isolamento social em São José dos Campos, medida tomada para desacelerar o contágio da Covid-19.

 

A pesquisa reforça importância da troca de informações entre especialistas para compreender o comportamento da população e analisar onde o vírus se espalha de forma mais rápida e intensa. Além dos pesquisadores, médicos, estatísticos, sociólogos e psicólogos e comitês de monitoramento são fundamentais nas projeções.

 

Em entrevista para a TV Vanguarda no último dia 12 de abril, Felício Ramuth (PSDB), prefeito de São José dos Campos, explicou a importância de projetar os dados de infectados a partir dos números dos testes rápidos. “Vamos conseguir ter uma referência de quantos por cento da população já teve a doença para que a gente possa, inclusive, estudar quais medidas tomar ", disse.

 

INDSAT também busca compreender a percepção dos moradores

 

O instituto tem como principal objetivo buscar compreender e mensurar a percepção dos moradores em relação à qualidade dos serviços públicos prestados e das gestões municipais.

 

 Foto: Prefeitura de São José dos Campos 

 

Em São José dos Campos, apenas 49% dos entrevistados afirmaram que a cidade está preparada para enfrentar a epidemia gerada pelo coronavírus. Já para 78% da população, o governo municipal está tomando as medidas necessárias para conter a pandemia. A maioria dos moradores (82%) também considera ser necessário ficar em casa durante este período.

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Em destaque

Asfalto é a 2ª pior área avaliada em Araras

27/05/2020

1/10
Please reload

Recentes
Please reload

Arquivo