62% reprovam a Segurança Pública de Santo André

21/11/2019

3º trimestre/2019

 

 Foto: Divulgação/ Prefeitura de Santo André

 

A Segurança Pública foi classificada como “ruim” ou “péssimo” por 62% dos moradores em Santo André. Do total de entrevistados, 25% disseram que o setor está “regular”. A aprovação é de 13%.

 

 

 

A partir dos critérios avaliativos de “ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” e “péssimo”, a INDSAT calcula o cálculo de satisfação de 16 serviços públicos. A partir da análise do segmento, o instituto busca compreender a percepção dos moradores em relação à sensação de segurança.

 

 

O setor de Segurança pode ser relacionado com outras áreas também analisadas pela INDSAT, como Iluminação Pública, Geração de Empregos e Guarda Municipal, por exemplo.

 

A pesquisa mostra que a Segurança Pública de Santo André tem 427 pontos pelos critérios da INDSAT. O resultado coloca o setor na classificação do Baixo Grau de Satisfação, já que apresentou pontuações entre 350 e 499 pontos.

 

A Segurança recebe considerados insatisfatórios desde o início de 2017, ano em que as pontuações ficaram entre 426 e 479 pontos. Em 2018, o setor apresentou índices entre 376 e 491 pontos.

 

 

 

Dos serviços públicos analisados, a Segurança continua entre as últimas posições no ranking de satisfação de Santo André. O setor está à frente apenas de segmentos como Trânsito, Saúde Pública e Geração de Empregos, todas com Baixo Grau de Satisfação.

 

Além de analisar o grau de satisfação dos serviços públicos, a INDSAT acompanha a movimentação política das Eleições Municipais de 2020. Até outubro de 2020, o instituto vai divulgar os resultados trimestrais dos pré-candidatos.

 

As 10 maiores cidades do Estado de São Paulo, as 15 maiores cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC) e 12 municípios do Aglomerado Urbano Piracicaba fazem parte da cobertura trimestral do instituto.

 

 

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Em destaque

Qualidade de Vida de Valinhos se aproxima do Alto Grau de Satisfação

03/04/2020

1/10
Please reload

Recentes
Please reload

Arquivo