6074_b_s2_indsat_970x250 (1).jpg
  • INDSAT

Nova Odessa tem o melhor Abastecimento de Água da RMC

2º trimestre/2019

Foto: Divulgação/ CODEN

A cidade de Nova Odessa está na liderança do ranking de Abastecimento de Água da Região Metropolitana de Campinas (RMC). A lista, composta por 15 cidades da região, mostrou que o serviço de responsabilidade da Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa) é a melhor avaliada pelos moradores.

Com 843 pontos, o serviço prestado garantiu Grau de Excelência pela metodologia INDSAT. A pontuação é recorde. Até então, o maior índice de satisfação apresentado havia sido de 822 pontos. Em 2017, o Abastecimento de Água recebeu a maior classificação em dois levantamentos.

Em 2018, os índices oscilaram entre 787 e 816 pontos. No início de 2019, Nova Odessa registrou 822 pontos e ficou na vice-liderança do ranking geral. Em toda a série histórica da INDSAT, a cidade sempre ficou pelo menos entre as três melhores posições do ranking.

Atualmente, Nova Odessa está à frente de Itatiba, com 41 pontos de diferença. Ambas as cidades foram as únicas a serem contempladas com a classificação máxima da INDSAT. Ao todo, 400 pessoas participam da entrevista.

Aprovação

O índice de satisfação é calculado a partir de uma metodologia exclusiva de classificação baseado nos critérios de “ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” e “péssimo”. O resultado reflete exclusivamente a opinião dos moradores em relação à qualidade dos serviços prestados. A INDSAT analisa 16 setores diferentes.

Do total, 96% disseram que o Abastecimento de Água está “ótimo” ou “bom” e 3% responderam que é “regular”. “Ruim” e “péssimo” somam 1%.

O Abastecimento de Água é o melhor serviço avaliado na cidade. A INDSAT também busca compreender a satisfação de setores como Educação, Saúde, Transporte e Coleta de Lixo.

O instituto já iniciou a divulgação da corrida para as Eleições Municipais de 2020. Até outubro do ano que vem, a INDSAT vai publicar os resultados trimestrais das movimentações dos pré-candidatos.

Quinze cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC), 10 maiores cidades do Estado de São Paulo e 12 municípios do Aglomerado Urbano Piracicaba fazem parte da cobertura do instituto.

Recentes