Ribeirão Preto tem Alto Grau de Satisfação em Iluminação Pública

14/08/2019

2º trimestre/2019 

 

 Foto: Divulgação

 

 

A cidade de Ribeirão Preto manteve Alto Grau de Satisfação em Iluminação Pública neste 2º trimestre. O levantamento foi realizado pela INDSAT e mostrou que o segmento tem 705 pontos.

 

Apesar de ser um dos menores índices de satisfação já registrados, o serviço prestado está dentro da classificação considerada alta pela INDSAT. Enquanto o Grau Médio de Satisfação contempla os segmentos que registram de 500 a 649 pontos, o Alto Grau se refere aos setores que conquistam de 650 a 799 pontos.

 

A Iluminação Pública apresenta índices satisfatórios desde o início de 2017, ano em que as pontuações oscilaram entre 651 e 668 pontos. No ano passado, a menor pontuação registrada foi de 663 pontos. Já o melhor índice foi de 721 pontos. Agora, o resultado está estabilizado. 

 

O setor é o 4º melhor avaliado em Ribeirão Preto. Ao todo, 16 serviços públicos são analisados trimestralmente pela INDSAT. Os 600 entrevistados avaliam cada um dos segmentos a partir dos critérios avaliativos de “ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” e “péssimo”.

 

Do total, 68% disseram que a Iluminação Pública é “ótima” ou “boa” e 19% responderam que é “regular”. “Ruim” e “péssimo” somam 13%.

 

 

Com esse resultado, Ribeirão Preto aparece na 3ª posição do ranking de Iluminação Pública entre as 10 maiores cidades do Estado de São Paulo. O município tem atualmente oito pontos de folga da primeira colocada do ranking, São José dos Campos.

 

Além das 10 maiores cidades do Estado, 12 municípios do Aglomerado Urbano Piracicaba e as 15 maiores cidades da Região Metropolitana de Campinas fazem parte da cobertura trimestral do instituto.

 

A INDSAT também acompanha a movimentação política dos pré-candidatos às Eleições Municipais de 2020 nos 36 municípios. 

 

 

 

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Em destaque

Transporte Público de Cordeirópolis tem Alto Grau de Satisfação

18/11/2019

1/10
Please reload

Recentes
Please reload

Arquivo