top of page
10274_f_s8_banner-web_970x250_portais-pat (2).png
  • INDSAT

Educação Pública de Osasco tem 25% de ótimo e bom; ruim e péssimo somam 39%

2º trimestre/2019

Foto: Divulgação/ Prefeitura de Osasco

A Educação Pública Municipal divide opiniões em Osasco. Isso porque a satisfação está equilibrada, de acordo com pesquisa realizada pela INDSAT no 2º trimestre deste ano. Ao todo, 25% dos moradores afirmam que a Educação está “ótima” ou “boa” e 36% dizem que está “regular”. “Ruim” e “péssimo” somam 39%. Por isso, o segmento está dentro do Grau Médio de Satisfação.

A partir dos critérios avaliativos, a INDSAT utiliza uma metodologia exclusiva de classificação baseado nos critérios de “ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” e “péssimo”. As pontuações do instituto vão de 200 a 1.000 pontos e o Grau Médio de Satisfação é atribuído aos setores que recebem de 500 a 649 pontos.

Neste caso, a Educação Pública Municipal registrou 527 pontos. De modo geral, o segmento recebeu Grau Médio de Satisfação na maioria dos levantamentos realizados em Osasco. No ano de 2017, os índices ficaram entre 546 e 565 pontos.

No 2º trimestre de 2018, porém, a Educação de Osasco foi classificada com Baixo Grau de Satisfação. Os menores índices foram: 474, 477 e 782 pontos. A partir do início de 2019, a satisfação do segmento voltou a se recuperar: logo no 1º trimestre, a Educação atingiu 509 pontos. Agora, a aprovação com o setor está estabilizado.

A pesquisa também aponta o perfil dos entrevistados mais satisfeitos com a Educação Pública Municipal de Osasco. Quando a análise é realizada levando em conta a faixa etária, a satisfação é maior entre moradores de 31 a 50 anos de idade. Ao levar em conta a escolaridade, a aprovação cresce entre pessoas com Ensino Fundamental.

Recentes
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn Social Icon
bottom of page