Saúde Pública tem Baixíssimo Grau de Satisfação em Osasco

27/06/2019

1ºTrimestre/2019

A série histórica da INDSAT aponta que a satisfação com a Saúde Pública de Osasco nunca apresentou sinais de melhora. Desta vez, o resultado é ainda pior: com Baixíssimo Grau de Satisfação e 324 pontos, o setor obteve seu menor índice já registrado pelo instituto. O levantamento foi realizado durante o 1º trimestre de 2019.

 

No início de 2019, a INDSAT já havia apontado que a Saúde Pública apresentava queda em seu índice de satisfação. Apresentando seu pior desempenho até então, o setor havia obtido 333 pontos no fechamento do ano passado. De um trimestre para o outro, a queda foi de 9 pontos. 

 

O Baixíssimo Grau de Satisfação é atribuído aos segmentos que recebem nota inferior a 350 pontos. É a segunda vez que a Saúde de Osasco recebe essa classificação. Nos demais levantamentos, o setor ficou enquadrado no Baixo Grau.

 

Em 2017, as pontuações ficaram entre 363 e 434 pontos. Já em 2018, a Saúde chegou a conseguir 469 pontos. Ao atingir 500 pontos, o segmento deixa de receber as classificações insatisfatórias para se classificado no Grau Médio de Satisfação.

A Saúde é o pior segmento avaliado pelos moradores em Osasco. A lista contém 16 serviços públicos, avaliadas trimestralmente. Ao todo, 600 pessoas participaram da entrevista. 

 

Com o cálculo de satisfação, a INDSAT elabora o ranking do segmento, composto pelas 10 maiores cidades do Estado de São Paulo. Osasco tem a 2ª pior Saúde Pública e está atrás somente de Mauá.

 

O índice é calculado a partir de uma metodologia exclusiva de classificação baseada nos critérios de “ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” e “péssimo”. Os entrevistados avaliam os serviços públicos e a INDSAT estabelece uma pontuação que vai de 200 a 1.000 pontos.

 

Em Osasco, apenas 3% dos moradores consideram a Saúde “ótima” ou “boa”. Avaliações “regulares” somam 17%. A reprovação é de 80%.

Além da análise de satisfação, a INDSAT divulga os resultados da corrida para as Eleições Municipais de 2020. O instituto vai acompanhar a movimentação política até outubro do ano que vem.

 

 

 

 

 

Foto: Prefeitura de Osasco

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Em destaque

Cultura tem Alto Grau de Satisfação em Jaguariúna

14/11/2019

1/10
Please reload

Recentes
Please reload

Arquivo