Banner_cameras-970x250 (1).gif
  • INDSAT

Saúde Pública é pior setor avaliado em Paulínia

1ºTrimestre/2019

A Saúde Pública de Paulínia tornou-se o pior segmento avaliado no município. Com Baixo Grau de Satisfação, o serviço recebeu 385 pontos neste 1º trimestre de 2019. O levantamento foi realizado pela INDSAT.

Em trimestres anteriores, o setor já registrava índices que colocavam Saúde nas últimas colocações do ranking de serviços de Paulínia. Desta vez, o segmento foi o pior avaliado entre 16 áreas diferentes. A lista é elaborada a partir da opinião dos moradores, que julgam os serviços a partir de critérios de “ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” e “péssimo”.

O índice de 385 pontos é o pior já registrado pela INDSAT. Até então, as análises mostravam que a Saúde já recebia Baixo Grau de Satisfação, mas com índices superiores a 400 pontos. Durante o final de 2017 e começo de 2018, a Saúde chegou até mesmo a conseguir Grau Médio de Satisfação. O maior índice, de 557 pontos, foi registrado no 2º trimestre de 2018. A partir daí, a satisfação começou a cair.

O índice de satisfação é calculado a partir dos critérios avaliativos de “ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” e “péssimo”. Isso significa que a pesquisa é reflexo apenas da opinião dos moradores. Ao todo, 400 pessoas foram entrevistadas.

Do total, 70% disseram que a Saúde está “ruim” ou “péssima”. Avaliações regulares ficaram em 21%. Já a aprovação foi de 9%.

O instituto busca compreender a percepção dos moradores em relação à qualidade de serviços como Transporte Público, Limpeza Pública, Merenda Escolar e Asfalto. A Administração Pública e a Câmara Municipal também são pesquisadas.

Neste ano, a INDSAT começou a divulgar os primeiros resultados da corrida para as Eleições Municipais de 2020. Além de incentivar o debate pelo tema, o instituto vai acompanhar a movimentação política até outubro do ano que vem.

As 15 maiores cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC), as 10 maiores cidades do Estado de São Paulo e 12 municípios do Aglomerado Urbano Piracicaba fazem parte dos levantamentos da INDSAT.

Foto: divulgação

Recentes
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn Social Icon