Abastecimento de Água de São Bernardo do Campo tem 78% de ótimo e bom

31/01/2019

4ºTrimestre/2018

O Abastecimento de Água, prestado pela Sabesp em São Bernardo do Campo, recebeu 78% de “ótimo” e “bom”. O levantamento realizado pela INDSAT durante o 4º trimestre concluiu que 14% dos moradores consideram o serviço “regular”, enquanto 8% se demonstraram insatisfeitos.

Este é o melhor índice de aprovação até agora. Até então, a maior satisfação havia sido registrada no 2º trimestre de 2018, quando o Abastecimento recebeu 76% de “ótimo” e “bom”.

 

O levantamento mostra que o Abastecimento de Água continua sendo o melhor serviço prestado no município. O setor está à frente de outros 15 segmentos avaliados trimestralmente pela INDSAT.

 

A partir dos critérios de “ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” e “péssimo”, a INDSAT utiliza uma metodologia exclusiva de classificação para calcular o grau de satisfação dos serviços públicos.

 

Neste trimestre, o Abastecimento atingiu 737 pontos. Apesar de conseguir a maior aprovação, esse não é maior índice de satisfação já registrado pela INDSAT. O segmento chegou a alcançar 739 pontos no 2º trimestre de 2018.

 

A metodologia leva em conta as avaliações de “regular”, “ruim” e “péssimo”. Quando mais pessoas avaliam um serviço como “regular” e menos como “ruim” e “péssimo”, o índice final cresce.

 

Em 2017, o setor chegou a alcançar 733 pontos no início do ano. Nos levantamentos seguintes, o índice caiu. Em 2018, porém, a satisfação obteve os melhores resultados já registrados.

Maiores de 50 anos são mais satisfeitos

 

Além de apresentar dados sobre os índices de satisfação de forma ampla, a INDSAT segmenta o perfil dos entrevistados de acordo com faixa etária, escolaridade e sexo. Moradores com mais de 50 anos de idade são os mais satisfeitos com o serviço de Abastecimento. Ao analisar apenas a faixa etária, a satisfação é maior entre pessoas com Ensino Fundamental.

A INDSAT realiza pesquisas de satisfação nas 10 maiores cidades do Estado de São Paulo e nas 15 maiores cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas). Doze municípios do Aglomerado Urbano Piracicaba também são analisados trimestralmente.

 

 

 

 

Foto: Sabesp

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Em destaque

Asfalto é a 2ª pior área avaliada em Araras

27/05/2020

1/10
Please reload

Recentes
Please reload

Arquivo