1 - 6587_c_Vestibulinho_Portais_970x250_Portal_Indsat.jpg
  • INDSAT

Câmara de Hortolândia fecha 2018 com 27% de ruim e péssimo

4ºTrimestre/2018

A Câmara Municipal de Hortolândia recebeu 27% de avaliação “ruim” ou “péssima” no último trimestre de 2018. O levantamento realizado pela INDSAT apontou que 19% dos moradores disseram que a Câmara está “ótima” ou “boa” e 54% classificaram o segmento como “regular”.

Presidida pelo vereador Valdecir Alves Pereira (Nego), do PSD, a Câmara Municipal de Hortolândia é reprovada principalmente por moradores com idades entre 16 e 30 anos. Ao analisar a escolaridade dos entrevistados, o índice de satisfação é menor entre pessoas com Ensino Superior.

Mais da metade dos entrevistados consideram a Câmara “regular”. O índice mediano de satisfação é registrado desde o momento em que o segmento começou a fazer parte das pesquisas da INDSAT, no 2º trimestre de 2017. De lá para cá, o cenário pouco mudou.

A INDSAT utiliza uma metodologia exclusiva de classificação baseada nos critérios de “ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” e “péssimo” para calcular o grau de satisfação de 16 serviços públicos, além de Administração Pública e Câmara Municipal.

Sempre com Grau Médio de Satisfação, o índice variou entre 515 e 562 pontos em 2017. Em 2018, a satisfação cresceu duas vezes consecutivas. O índice, no entanto, caiu e registrou uma queda de 32 pontos do 3º para o 4º trimestre.

As 15 maiores cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC), 12 municípios do Aglomerado Urbano Piracicaba e as 10 maiores cidades do Estado de São Paulo fazem parte da cobertura trimestral da INDSAT. Neste 4º trimestre, o instituto começou a divulgar os primeiros resultados da corrida eleitoral para 2020.

Foto: Prefeitura de Hortolândia (divulgação)

Recentes