Saúde Pública é o 2º pior setor avaliado em Sorocaba

23/08/2018

2ºTrimestre/2018

Setor recebeu 466 pontos neste 2º trimestre

A Saúde Pública é considerada o 2º pior serviço avaliado em Sorocaba. A INDSAT analisou 16 setores no município durante o 2º trimestre deste ano e apontou que a área tem Baixo Grau de Satisfação. Foram entrevistados 400 moradores.

 

O serviço registrou 466 pontos no levantamento atual. Apesar de ser a maior pontuação registrada em toda a série histórica da INDSAT, o índice ainda é considerado baixo.

 

No 1º trimestre de 2017, a Saúde Pública chegou a receber 429 pontos. No levantamento seguinte, o número subiu para 437 pontos. A satisfação com o serviço apresentou mais duas melhoras consecutivas, mas caiu para 450 pontos no trimestre passado.

O levantamento também apontou o perfil dos moradores que menos aprovam a Saúde sorocabana. Entrevistados que têm entre 31 e 50 anos de idade são os mais insatisfeitos. Já quando levada em conta a escolaridade, a reprovação é maior entre moradores com Ensino Superior.

Filas de espera influenciam satisfação de sorocabanos

 

A crise na Saúde em Sorocaba não é tão recente. Nos últimos quatro anos, 60 mil exames deixaram de ser feitos na rede pública. O levantamento, realizado pela própria Prefeitura em maio deste ano, mostra a grave situação dos atendimentos nos hospitais.

 

De acordo com os dados divulgados há três meses, 28 mil pacientes estavam na fila de espera para realizar ultrassom, 18 mil esperavam por raio-x, 8 mil mulheres aguardavam pelo exame de mamografia, mais de 2 mil pacientes esperavam por exames de ressonância e mais de mil estavam na fila para densitometria.

 

Mais da metade reprova a Saúde

 

A cada três meses, a INDSAT mede a satisfação dos moradores com 16 serviços públicos, além de Administração Pública e Câmara Municipal. São analisadas as 10 maiores cidades do Estado de São Paulo.

 

Para chegar ao índice de satisfação, a INDSAT calcula as avaliações dos moradores a partir de uma metodologia exclusiva baseada em critérios de “ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” e “péssimo”.

 

A Saúde Pública de Sorocaba registrou 13% de “ótimo” e “bom”, 36% de “regular” e 51% de “ruim” e “péssimo”.

 

Foto: Reprodução

 

 

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Em destaque

Asfalto é a 2ª pior área avaliada em Araras

27/05/2020

1/10
Please reload

Recentes
Please reload

Arquivo