Insatisfação com a Segurança Pública cresce em São Paulo

20/08/2018

2ºTrimestre/2018

Pesquisa realizada no 2º trimestre apontou que 50% dos paulistanos consideram a Segurança “ruim” ou “péssima”

O índice de satisfação com a Segurança Pública paulistana é baixo. É o que aponta pesquisa realizada pela Indsat durante o 2º trimestre de 2018. Metade dos entrevistados responderam que a área analisada está “ruim” ou “péssima”.

 

Do total, 12% disseram que a Segurança está “ótima” ou “boa” e 31% avaliaram como “regular”. Foram entrevistados 400 moradores.

A pesquisa apresentou o perfil dos entrevistados mais insatisfeitos com a sensação de segurança em São Paulo. A reprovação é maior entre moradores com mais de 50 anos e paulistanos com Ensino Fundamental.

Recentemente, um ranking elaborado pelo Instituto Sou da Paz mostrou que os distritos Pari e Brás têm os maiores percentuais de criminalidade. O índice é menor nos distritos Cambuci e Parque da Moóca. O estudo, divulgado no final do último mês, mostrou o contraste na segurança pública em regiões vizinhas e comprova os números divulgados trimestralmente pela INDSAT.

 

Índice de satisfação é calculado pelas pesquisas Indsat

 

A INDSAT realiza entrevistas trimestrais nas 10 maiores cidades do Estado de São Paulo. O instituto calcula o índice de satisfação a partir de uma metodologia exclusiva de classificação baseada nos critérios de “ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” e “péssimo”.

 

A Segurança Pública de São Paulo recebeu 431 pontos, o que a classifica com Baixo Grau de Satisfação. Além da Segurança, a INDSAT avalia os índices de satisfação de outros 15 serviços públicos na capital.

Foto: Divulgação

 

 

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Em destaque

Abastecimento de Água é o 2º melhor serviço avaliado em Limeira

30/06/2020

1/10
Please reload

Recentes
Please reload

Arquivo