Asfalto de Rio Claro tem Baixo Grau de Satisfação

14/08/2018

2ºTrimestre/2018

Índice de satisfação apresentou queda pela segunda vez seguida

 

A satisfação com a Qualidade do Asfalto é baixa em Rio Claro. Pela segunda vez consecutiva, o setor apresentou queda nos índices calculados pela INDSAT. Neste 2º trimestre, o setor fechou com 414 pontos.

 

As pesquisas da INDSAT são reflexo da realidade presente no cotidiano dos rio-clarenses. Em meio a reclamações de moradores, a gestão municipal se esforça para pavimentar 20 bairros no município com o financiamento do Ministério das Cidades.

 

Rio Claro, que é atualmente comandada pelo prefeito Juninho da Padaria (DEM), busca conseguir uma verba de R$ 30 milhões para a realização do trabalho. Segundo ele, a cidade não tem “recursos próprios para bancar o alto custo das obras”. O pedido do recurso, que ainda está em andamento, teve início no ano passado, quando o prefeito tomou posse.

 

No final do ano passado, o Asfalto chegou a registrar 451 pontos no levantamento da INDSAT. Nessa época, o segmento já recebia Baixo Grau de Satisfação. Na pesquisa seguinte, a pavimentação fechou o período com 418 pontos.

 

O levantamento mostra que o índice de satisfação com o asfalto é menor entre jovens de 16 a 30 anos. Quando levada em conta a escolaridade dos entrevistados, moradores com Ensino Médio são os que mais reprovam o setor.

66% reprovam a pavimentação da cidade

 

Com esse índice de satisfação final, é possível visualizar quais serviços públicos precisam de atenção em Rio Claro. A Qualidade do Asfalto é considerada o 2º pior setor na cidade, perdendo apenas para Geração de Emprego.

 

A INDSAT ouve 400 entrevistados a cada três meses em Rio Claro e outros 11 municípios pertencentes ao Aglomerado Urbano Piracicaba.

 

Para chegar ao índice de satisfação, o instituto realiza um cálculo a partir de uma metodologia própria, baseada nos critérios de “ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” e “péssimo”.

 

Em Rio Claro, a pavimentação registrou 13% de “ótimo” e “bom”, 21% de “regular” e 66% de “ruim” e “péssimo”.

 

Foto: Reprodução

 

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Em destaque

Cultura tem Alto Grau de Satisfação em Jaguariúna

14/11/2019

1/10
Please reload

Recentes
Please reload

Arquivo