49% reprovam o governo de Thiago Assis em Monte Mor

26/04/2018

Administração Pública de Monte Mor recebeu Baixo Grau de Satisfação

 

Foto: Prefeitura Municipal de Monte Mor

 

Reeleito como o terceiro melhor prefeito da Região Metropolitana de Campinas, Thiago Assis (PMDB) é hoje apenas o 11º entre os 15 avaliados pela Indsat. Em forte queda, o governo de Thiago Assis tem 49% de rejeição. O levantamento realizado no 1º trimestre deste ano, apontou que o índice de satisfação com a gestão do prefeito de Monte Mor é Baixo.

 

A gestão de Thiago Assis foi aprovada apenas por 17% dos entrevistados, enquanto outros 34% a classificaram como “regular”. Trimestralmente, o instituto estuda 15 maiores cidades da Região Metropolitana de Campinas e calcula o índice de satisfação de cada segmento.

 

Neste estudo, a gestão do prefeito somou 490 pontos, índice que se enquadra na classificação de “Baixo Grau”. No 4º trimestre do ano passado, a Indsat publicou os índices de satisfação dos setores em Monte Mor. Doze deles já haviam apresentado queda.

 

A Indsat apontou também o perfil dos moradores que mais rejeitam a gestão do prefeito de Monte Mor. Entrevistados com idades entre 31 e 50 anos são os menos satisfeitos, por exemplo. Quando levada em conta apenas a escolaridade, a reprovação é maior entre os moradores com Ensino Médio.

 

O índice registrado foi de 490 pontos. No último trimestre de 2016, quando Monte Mor também estava sob gestão de Thiago Assis, a Administração Pública chegou a somar 630 pontos. No início de 2017, o índice caiu e se manteve estável no trimestre seguinte.

 

Já no 3º trimestre, Monte Mor obteve 612 pontos em Administração, mas o número voltou a cair e a cidade fechou 2017 com 561 pontos no segmento. Até então, a gestão de Thiago Assis nunca tinha recebido Baixo Grau de Satisfação. A Administração Pública Municipal iniciou 2018 com uma queda significativa de 71 pontos.

 

Denúncias na Administração Pública derrubam o índice de satisfação

 

Em março, o prefeito Thiago Assis foi denunciado juntamente à vereadora Selma Fernandes de Sousa Alves (MDB) pelo Ministério Público. A vereadora e seu marido foram acusados de obter parte do salário de um ex-assessor. O prefeito de Monte Mor foi denunciado porque, segundo a acusação, realizava reuniões secretamente para orientar os suspeitos, de maneira com que saíssem impunes.

 

 

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Em destaque

Abastecimento de Água é o 2º melhor serviço avaliado em Limeira

30/06/2020

1/10
Please reload

Recentes
Please reload

Arquivo