Guarulhos tem o pior Trânsito entre as 10 maiores de SP

24/03/2018

Cidade registrou Baixo Grau de Satisfação

Foto: Assessoria de Imprensa de Guarulhos

 

 

O Trânsito de Guarulhos fechou o 4º trimestre do ano passado com o menor índice de satisfação de 2017. Com o resultado, a cidade caiu duas colocações e se posicionou em último lugar no ranking das 10 maiores do Estado de São Paulo. As pesquisas foram realizadas trimestralmente pela Indsat.

 

Guarulhos registrou 400 pontos pela metodologia, o que significa que o Trânsito da cidade recebeu Baixo Grau de Satisfação por parte dos moradores. O índice foi resultado de 74% de “ruim” e “péssimo” e 16% de “regular”. Apenas 10% dos entrevistados avaliaram o tráfego urbano de forma positiva.

 

O levantamento também mostrou que o Trânsito é considerado o 2º pior setor de Guarulhos, melhor apenas que Geração de Empregos. O índice é o menor já registrado porque, nos trimestres anteriores, a pontuação variou entre 428 e 459 pontos. No entanto, o Trânsito de Guarulhos recebeu Baixo Grau de Satisfação durante todo o ano de 2017.

 

No 1º trimestre do ano, a cidade era a penúltima colocada do ranking, à frente somente de Ribeirão Preto. Naquele levantamento, Guarulhos havia recebido 59% de reprovação. Já no trimestre seguinte, a pontuação caiu e o município tornou-se o último colocado.

 

A melhor posição no ranking foi registrada no 3º trimestre, quando Guarulhos subiu para a 8ª colocação e se posicionou à frente de Ribeirão Preto e São Paulo. Entre os guarulhenses, 59% reprovaram o tráfego naquele trimestre. Na última pesquisa de 2017, São Paulo e Guarulhos fecharam nas últimas posições no ranking.

 

 

Três primeiras cidades têm Grau Médio de Satisfação

 

São José dos Campos ocupou a 1ª posição no ranking de Trânsito durante todo o ano de 2017. A cidade conquistou Grau Médio de Satisfação e 26% dos entrevistados avaliaram o setor de forma positiva. Campinas encerrou o ano na vice-liderança, com 24% de aprovação e 545 pontos pela metodologia.

 

Ribeirão Preto, por sua vez, destacou-se na lista geral. O município ocupava as últimas colocações do ranking no começo de 2017, mas apresentou evolução e fechou o ano na 3ª posição, com 517 pontos.

 

Sorocaba e Osasco ficaram empatadas no 4º trimestre e foram as primeiras a receberem Baixo Grau de Satisfação. A 6ª posição é ocupada por Mauá, município que caiu no ranking. A cidade possuía 495 pontos no 3º trimestre, mas registrou 489 pontos no final do ano. Santo André e São Bernardo do Campo aparecem logo em seguida, com pouca diferença entre os índices.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Em destaque

Abastecimento de Água é o 2º melhor serviço avaliado em Limeira

30/06/2020

1/10
Please reload

Recentes
Please reload

Arquivo