11 de 15 cidades da RMC têm Alto Grau de Satisfação em Merenda Escolar

08/03/2018

Apenas Paulínia, Americana, Sumaré e Campinas receberam Grau Médio de Satisfação

 

                          Foto: Ceasa Campinas

 

Entre 15 cidades da Região Metropolitana de Campinas analisadas pela Indsat, onze fecharam 2017 com Alto Grau de Satisfação em Merenda Escolar. É o que aponta pesquisa realizada pela Indsat durante o 4º trimestre do ano passado. Paulínia, Americana, Sumaré e Campinas foram os únicos municípios que receberam Grau Médio no fechamento de 2017.

 

A 1ª colocação do ranking permanece com Jaguariúna. Pela quarta vez consecutiva, a cidade se mantém na liderança de Merenda. No 4º trimestre, o município registrou 768 pontos pela metodologia Indsat, maior número já registrado. Do total de entrevistados, 77% aprovam a alimentação escolar das escolas públicas municipais da cidade.

 

Apesar de não obter o maior número já registrado, Indaiatuba subiu uma posição em relação ao último trimestre e agora está logo abaixo de Jaguariúna. A vice-líder do ranking conseguiu 67% de aprovação em Merenda Escolar e tem 735 pontos pela metodologia Indsat.

 

Hortolândia também é destaque da lista geral. De um levantamento para o outro, a cidade subiu sete colocações no ranking. No 1º trimestre do ano, Hortolândia estava em 5º lugar. No levantamento seguinte, a cidade foi parar na 7ª colocação e continuou caindo no 3º trimestre. Agora, a 3ª posição é a melhor já registrada pela Indsat.

 

Outras oito cidades obtêm Alto Grau de Satisfação

 

Outras oito cidades registraram mais de 650 pontos e garantiram Alto Grau de Satisfação no fechamento do ano de 2017. Mesmo duas colocações abaixo em relação ao trimestre anterior, Itatiba conseguiu a 4ª colocação e obteve 705 pontos, uma vez que a Merenda foi aprovada por 59% dos entrevistados.

 

Ao longo do ano, Nova Odessa demonstrou melhora no índice de satisfação do segmento. A cidade era apenas a 11ª colocada na pesquisa realizada no início de 2017. Naquele período, Nova Odessa registrou 606 pontos. Com uma evolução de 52 pontos, a cidade alcançou a 9ª colocação no 2º trimestre. Nova Odessa fechou o ano com 680 pontos, maior índice já registrado.

 

Cosmópolis, por sua vez, caiu seis posições em relação ao 2º trimestre do ano. Naquele período, a cidade era a 3ª colocada do ranking. No levantamento seguinte, Cosmópolis já havia demonstrado queda no índice, mas o resultado obtido foi ainda menor no fechamento do ano, colocando o município na 9ª posição. O 11º lugar é ocupado por Valinhos, última cidade a receber Alto Grau de Satisfação.

 

Quatro últimas têm Grau Médio de Satisfação

 

As últimas posições são ocupadas por Paulínia, Americana, Sumaré e Campinas. As quatro cidades receberam Grau Médio de Satisfação, ou seja, registraram uma pontuação de até 650 pontos. Em Paulínia, 18% reprovaram a alimentação escolar oferecida pela Prefeitura. Já em Americana, a Merenda foi avaliada negativamente por 23% dos entrevistados.

 

Sumaré fechou 2017 com 610 pontos e 24% de “ruim” e “péssimo”. O serviço prestado, no entanto, é considerado o 2º melhor da cidade. Campinas fechou na última colocação, com 30% de reprovação.

 

 

 

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Em destaque

Abastecimento de Água é o 2º melhor serviço avaliado em Limeira

30/06/2020

1/10
Please reload

Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn Social Icon

Indicadores de Satisfação dos Serviços Públicos

© 2017 "Indsat - Indicadores de Satisfação dos Serviços Públicos"